Siga-nos nas redes Sociais

Datas Comemorativas

Comemoração do Dia das Bruxas 2020

Publicado

em

Dia das Bruxas

Dia das Bruxas

Comemorado no dia 31 de outubro, o Dia das Bruxas em Portugal é um derivado do Halloween americano. A data é comemorada principalmente pelas crianças, que se vestem com fantasias de bruxas, vampiros, fantasmas e os mais diversos tipos de monstros. No final do dia, em diversas localidades do país, crianças batem à porta dos vizinhos pedindo doces, com a famosa frase “doçura ou travessura”.

Dia das Bruxas

Origem

O Dia das Bruxas, ou Halloween, surgiu dos costumes celtas, povo que viveu há cerca de 2000 anos onde hoje se encontra a Irlanda, Inglaterra e França. Conta-se que os celtas comemoravam o fim do verão no dia 1° de novembro, data que marcava o fim das colheitas e o início do inverno. Para eles, esse era um dia sombrio, que anunciava a entrada de um período de frio rigoroso. Um dia antes, no dia 31 de outubro, era realizado o Samhain. Os celtas acreditavam que a fronteira entre o mundo dos vivos e dos mortos se desfazia e as almas passeavam livres sobre a Terra. Nesse dia, os druidas, espécie de magos sábios, aproveitavam as forças espirituais para fazer previsões sobre o ano seguinte e a próxima colheita.

Com o passar do tempo, o costume fundiu-se com a cultura romana que dominou a região, até ser, finalmente, integrado e adaptado pelo catolicismo. Durante a Idade Média, a igreja católica criou o Dia de Todos os Santos, no dia 1° de novembro, sugerindo a troca da celebração de todas as almas pela homenagem aos santos cristãos. Assim, o nome Halloween também surgiu nessa época. A data foi nomeada num tipo de inglês arcaico All-hallows, que significa all saint’s day (dia de todos os santos).

Em seguida, imigrantes irlandeses levaram o costume celta para a América, onde a data foi bem aceita e passou a integrar o calendário popular de festejos. Atualmente, no dia 31 de outubro, as casas são decoradas com abóboras iluminadas e as pessoas saem às ruas vestidas de todo tipo de fantasia assustadora.

Portugal não tem uma tradição tão forte neste dia como os Estados Unidos e o Reino Unido, mas também se celebra o Halloween no nosso país, sobretudo pelas crianças e jovens, que saem às ruas para fazer travessuras.

Em Montalegre realizam-se encenações especiais neste dia e em todas as sextas-feiras treze do ano. Logo pelo início de outubro as lojas de roupa apresentam fatos de Halloween à venda, enquanto algumas montras são decoradas com abóboras e teias de aranha.

Origem da sexta-feira 13: por que esse dia é tão temido?

A sexta-feira 13 é conhecida como um dia de má sorte e tem origens muito antigas, que podem ser explicadas através da história e da mitologia.

Há pessoas que ficam com medo em toda sexta 13. Elas imaginam que algo ruim pode acontecer e, por isso, preferem- se resguardar e evita cruzar com gatos pretos, quebrar espelhos, passar por debaixo de escadas e outras crendices que “dão azar”.

Existem diversas histórias que podem justificar o porquê da sexta-feira treze ser tão temida. Vejamos quais são eles:

Perseguição e morte de Jesus

Segundo consta, Jesus teria se encontrado com os 12 apóstolos numa quinta-feira para uma ceia, num total de 13 pessoas. Uma dessas pessoas era Judas Iscariotes, o traidor de Cristo, porque o entregou aos soldados. Ele é considerado o 13.º.

O dia que se seguiu, quando ocorreu a perseguição e crucificação de Jesus, teria sido uma sexta-feira. Hoje, a data é conhecida como Sexta feira Santa.

Há ainda outros fatos associados à cultura cristã, que associam o 13 e a sexta-feira como um dia de má sorte:

13 é a “marca da besta”: o número 13 é indicado como a “marca da besta” no Livro do Apocalipse. É também visto como um número “imperfeito”, se comparado ao número 12, que aparece em referências bíblicas (12 apóstolos e as 12 tribos de Israel, por exemplo).

O dia em que Adão comeu o fruto proibido: Adão e Eva teriam comido a maçã proibida, o fruto do conhecimento, numa sexta-feira.

O dia em que Caim matou Abel: foi numa sexta-feira que Caim teria matado seu irmão Abel.

Mitologia nórdica

Os principais deuses romanos

Na cultura nórdica, alguns mitos explicam porque sexta-feira treze é considerado dia do azar.

Morte do deus Balder: Conta-se que certa vez foi organizado um banquete, no qual estiveram presentes 12 deuses, sendo que Loki, o deus da discórdia, não foi convidado.

Mas Loki ficou sabendo do tal jantar e resolveu aparecer sem avisar. Ele teria armado um grande conflito, que ao final acabou com a morte de um dos deuses mais amados, Balder.

Encontros promovidos pela bruxa FriggaFrigga, a deusa do amor e beleza teria sido transformada em bruxa quando o cristianismo dominou a região e converteu os povos nórdicos.

Como uma forma de se vingar, Frigga passou a organizar encontros todas as sextas-feiras com outras 11 bruxas e também com o diabo. Nessas reuniões, as 13 criaturas rogavam pragas à humanidade. Frigga também é responsável pela origem de friday, palavra em inglês que significa sexta-feira.

As pessoas usam as datas para relembrar os mortos, decorando túmulos e lápides de pessoas que já faleceram.

E nesses dias, perfumam a lembrança de seus entes queridos com flores… No final, tudo tem a ver com perfume…

HALOWOMEN. Um super perfume, tudo a ver com a data…

Halowomen Serone

Continue Reading
2 Comentários

2 Comments

  1. Ana Catarina Magalhães

    Outubro 7, 2020 ás 8:20 pm

    Sim, vamos comemorar, com ajuda dos perfumes da loja http://www.maisperfumes.com encontramos aqueles perfumes com notas de saída fortes, como deep red womam da serone ou o very special da yodeyma.

  2. Sonia Gonçalves

    Outubro 13, 2020 ás 3:55 pm

    Adoro yodeyma. Os meus preferidos, very special

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Destaques